ENEM - Provas e Gabaritos


Posted: 27 Feb 2015 10:51 AM PST
As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) costumam exigir do candidato boa desenvoltura em interpretação e análise crítica de textos de diversas áreas do conhecimento, muitas vezes, com temas relacionados a assuntos atuais e importantes para a sociedade dentro daquele ano. Esses textos podem aparecer tanto nos enunciados das questões, de todos os cadernos, e também na coletânea da redação como texto de apoio.
Os textos geralmente estarão relacionados com o aspecto teórico da questão, ou seja, o conteúdo estudado em uma ou mais disciplinas. Por isso, ao se manter atualizado e ler um determinado texto, é importante relacioná-lo com o que é aprendido no ensino médio, e tendo em mente que o conteúdo não virá isolado, mas aplicado em alguma situação real, o que podemos analisar em notícias, reportagens e artigos em geral.
O ponto chave é que o aluno perceba que no cotidiano as situações são interdisciplinares e que devemos interpretar um fato relacionando todos seus conhecimentos pré-adquiridos. Para treinarmos isso, o Portal InfoEnem irá trazer dicas de importantes textos a serem lidos e relacionados com o que você estudará no decorrer do ano em sua preparação para o Enem 2015.
Para começarmos, confira nossas indicações de hoje!

Crise hídrica

A crise de água, principalmente no Estado de São Paulo, tem sido um assunto muito discutido. Nessa matéria do site Planeta Sustentável, da Editora Abril, a situação foi analisada segundo o viés do reflorestamento, relacionando a situação do Sistema Cantareira com o Código Florestal de 2011, além de trazer várias explicações que envolvem conceitos das disciplinas de biologia e geografia.

Desarmamento civil

Há um grande debate na sociedade sobre a liberação ou não do uso de armas de fogo por civis. A Revista Galileu tem discutido esse tema com perspectiva científica, apresentando pesquisas para comprovar determinados argumentos. Essa leitura é útil tanto para se inteirar do assunto quanto para analisar dados científicos e perspectivas históricas e sociais, inclusive utilizando comparativos entre diferentes leis, como é o caso do Brasil, onde o armamento civil é proibido, e nos EUA, onde há liberação. Leia oprimeiro artigo e aqui a continuação da discussão.

Boa leitura e estudo e até a próxima!

Estude com as Melhores Apostilas Para o Enem 2015

    Artigo Original: Dicas de Leitura Enem 2015: Crise Hídrica e DesarmamentoBaixe gratuitamente o e-Book: Manual do Sisu 2015 / Manual do Prouni 2015
Posted: 27 Feb 2015 09:31 AM PST
Na próxima segunda-feira, dia 3 de março, terá início o prazo para confirmação da participação na lista de espera do primeiro Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2015. Os candidatos terão até o dia seguinte (03) para integrar a relação.
Pode se cadastrar para concorrer a sua primeira opção escolhida durante as inscrições aquele concorrente que não foi pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares ou que foi convocado para sua segunda opção de curso, porém reprovado por não formação de turma.
Já para fazer parte da lista em sua segunda opção de curso, o candidato deve atender a uma das seguintes situações:
  • não ser aprovado nas chamadas regulares nas quais tenha ocorrido não formação de turma na sua primeira opção de curso;
  • não ser classificado nas chamadas regulares em que não existam bolsas disponíveis na sua primeira opção de curso;
  • ser selecionado em sua primeira opção de curso, porém reprovado por não formação de turma.
A manifestação de interesse em compor a lista de espera do Prouni 2015 deve ser realizada exclusivamente na internet, no endereço eletrônico do programa (siteprouni.mec.gov.br). De acordo com o cronograma, no dia 6 de março será divulgada a relação com os nomes dos estudantes confirmados na lista.
A partir daí a relação será repassada para as instituições que ainda tiverem bolsas de estudo disponíveis, inclusive com a classificação de cada integrante por curso e turno, de acordo com o desempenho obtido no Enem 2014. A Lista de Espera do Prouni será única para cada curso e turno de cada local de oferta.
Conforme as regras do sistema, TODOS os integrantes da Lista de Espera deverão comparecer nas respectivas instituições para entrega da documentação e comprovação das informações, no período entre os dias 10 e 11 de março.

Estude com as Melhores Apostilas Para o Enem 2015

    Artigo Original: Participação na Lista de Espera do Prouni 2015 Inicia dia 2Baixe gratuitamente o e-Book: Manual do Sisu 2015 / Manual do Prouni 2015
22 Possíveis Temas da Redação do Enem 2015
Posted: 25 Feb 2015 11:59 AM PST
Todos os anos, o infoEnem tem a tradição de trazer uma lista de possíveis temas para a redação daquela edição. Seguindo isso, apresentamos nossa indicação para o Enem 2015! Primeiramente, gostaríamos de lembrar que essa lista não é uma tentativa de adivinhar o tema oficial da redação, mas sim de contribuir para seu estudo de forma específica.
Nesse artigo você pode encontrar os temas da redação do Enem desde 1998 até 2014. Observando isso, percebemos que o exame sempre trabalha temas atuais de cunho social e relevância nacional.
Algo que acreditamos muito é que o treino é fundamental para o aprendizado. Unindo esse nosso ideal com a sabedoria das características específicas da redação do Enem, podemos ter certeza de que estudando e elaborando redações com os temas propostos abaixo, seu desempenho irá melhorar consideravelmente.

1. Diálogo entre ciência e sociedade

A ciência realiza novas descobertas frequentemente, o que possibilita melhorias e desenvolvimento de novas tecnologias. Entretanto, muitas vezes a sociedade não entende o método científico e muitas coisas são confrontadas com paradigmas culturais, morais ou religiosos. Para lidar com isso, é necessário haver comunicação entre o meio científico e a população.

2. Limites entre estética e saúde

Academia, dietas, cirurgias plásticas, anabolizantes etc. É grande a busca pelo corpo perfeito caracterizado por um padrão de beleza. Mas até que ponto a estética coincide com hábitos saudáveis? Conhece-se muitas doenças causadas por insatisfação corporal como anorexia, bulimia, depressão, compulsão alimentar e obesidade, além de consequências no convívio social como discriminação e baixa autoestima.

3. Novos modelos de educação

Há muitos debates ocorrendo sobre as problemáticas do sistema tradicional de ensino e novos modelos de educação para o século XXI, tendo em pauta os métodos de avaliação, uso de tecnologias, interação professor-aluno, formação crítica e social etc. Um recente documentário realizado no Brasil que ajuda na discussão desse tema é o “Quando sinto que já sei” que pode ser encontrado no Youtube.

4. Dificuldades da formação universitária

A formação universitária no Brasil encontra diversos obstáculos como financeiro (o alto valor das mensalidades em faculdades privadas, custeio de transporte ou residência, materiais didáticos, alimentação), psicológico (escolha de curso, afastamento de familiares e amigos, aumento de responsabilidades, inserção no mercado de trabalho), entre outros. Ao mesmo tempo, o Estado tem criado políticas públicas como Fies, Pronatec, sistemas de cotas, criação de novas universidades etc.

5. Conceito de família no século XXI

O projeto de Lei 6583 de 2013 cria o Estatuto da Família. Nesse texto, família é definida como união entre homem e mulher. A partir disso, muitas discussões têm sido feitas sobre o conceito de família atualmente, com o intuito de refletir sobre famílias formadas por mães ou pais solteiros, avós e tios, casais homossexuais, poligamia etc.

6. Justiça com as próprias mãos

Tema bastante polêmico em 2014 e que pode ser discutido com mais imparcialidade esse ano. O combate à violência através da justiça com as próprias mãos é válido? Definições de justiça, casos de linchamentos, rebeldia com a ordem e segurança públicas são alguns pontos que abordam essa temática.

7. Obsolescência programada

Esse conceito significa a diminuição da vida útil de equipamentos com o intuito de incentivar a compra de novos produtos ou versões atualizadas. Rodeio esse tema a questão do consumismo exacerbado, resíduos eletrônicos, responsabilidade e consciência social do consumidor. Um documentário sobre esse assunto também pode ser encontrado no Youtube e ajuda no entendimento.

8. Trânsito em grandes metrópoles

Grandes cidades têm tido cada vez mais problemas com o trânsito. Muitos pontos podem ser discutidos nessa temática como a preferência dos cidadãos por transporte público ou individual, poluição causada por muitos carros, poluição sonora (buzinas em congestionamento), via exclusiva para ônibus, ciclovias, tempo gasto diariamente entre trabalho e residência, atraso nos horários e superlotação em ônibus, trens e metrôs, greves dos funcionários de transportes públicos, preços das passagens, catraca livre etc.

9. Voluntariado e transformações sociais

O trabalho voluntário no Brasil tem passado por uma transformação. Não se pensa mais no voluntariado como assistencial (doação de roupas, alimentos e agasalhos, por exemplo), mas como uma tentativa de mudança social, através de medidas inclusivas e de impacto. Outro ponto a ser considerado é a valorização que as empresas fazem de candidatos e funcionários que realizam trabalhos voluntários, assim como próprios projetos sociais realizados pelas empresas para contribuição à sociedade ou marketing.

10. Liberdade de expressão e mídia

Tema bastante atual, a liberdade de imprensa tem sido muito discutida, principalmente após o ataque à revista francesa Charlie Hebdo no início desse ano. Pode-se refletir sobre os limites entre liberdade de expressão e respeito às diferenças ou respeito à verdade.

11. Consumo de álcool e droga por adolescentes

Por lei, o consumo de álcool é proibido por adolescentes. Entretanto, é crescente o uso não só de bebidas alcoólicas mas também de drogas lícitas e/ou ilícitas entre os jovens, como cigarro, maconha, cocaína, LSD etc. As razões e consequências desse ato podem servir como base para a discussão do tema.

12. Limites entre humor e bullying

Os limites do humor é algo que tem chamado bastante atenção atualmente por causa de diversos processos a comediantes do Brasil como Rafinha Bastos, Danilo Gentili etc, e o constante uso de discriminação das minorias para fazer piada. A responsabilidade social do comediante foi discutida no excelente documentário de Pedro Arantes, “O riso dos outros”, encontrado no Youtube.

13. Desigualdade étnica e de gênero

O Brasil é um dos países com maior desigualdade do mundo e entre muitos tipos de desigualdade, a étnica e a de gênero costumam ser as mais discutidas, assim como os preconceitos gerados por essa situação, respectivamente, racismo e machismo. Os direitos conquistados, as lutas e reivindicações e as políticas públicas são alguns pontos que merecem ser estudados para entender a causa e argumentar com clareza.

14. Gestão de resíduos urbanos

Em 2010, foi instituída a Política Nacional de Resíduos Sólidos. A gestão de resíduos ainda é um tema bastante em alta devido à enorme quantidade de lixo produzido anualmente no Brasil. Coleta seletiva e logística reversa são alguns dos termos importantes de serem entendidos. Para conhecer mais sobre a lei e sua importância na sociedade, pode ser consultada a explicação no site do Ministério do Meio Ambiente.

15. Saúde pública

Problemas no Sistema Único de Saúde (SUS) como falta de médicos, atrasos, grandes filas de espera e falta de equipamentos são possíveis de serem tratados em uma dissertação. O tema também é bastante atual devido ao programa de governo Mais Médicos que trouxe médicos de outras nacionalidades (cubanos) para atuar no Brasil com o intuito de amenizar os problemas na saúde pública.

16. Abuso em trotes universitários

Todo ano, vários casos de abuso em trotes universitários são noticiados. Esse ano, um dos casos mais alarmantes foi de uma jovem que teve a perna queimada por ácido. O fator psicológico dos jovens recém inseridos no ensino superior também é pauta nessa discussão. Leia mais sobre esse tema nessa coluna.

17. Tráfico de drogas e violência urbana

A correlação entre o tráfico de drogas e a violência urbana, principalmente em favelas, é muito propício de discussão. Esse tema foi recentemente abordado nos filmes Tropa de Elite (1 e 2) e é sempre mencionado quando se debate sobre Legalização da Maconha, já que o combate às drogas é um dos fatores que mais causam violência e conflito entre policiais e civis no Brasil.

18. Uso da água na economia brasileira

O Estado de São Paulo passa por uma intensa crise hídrica e isso tem colocado a água no centro de grandes discussões. Uma das possibilidades de tema envolvendo a água é a sua importância em diversas atividades econômicas no Brasil como a agroindústria e a geração de energia elétrica através de hidrelétricas.

19. Saúde feminina na gravidez

A preocupação com a saúde da mulher durante a gravidez é um bom tema de redação pois nele podemos tratar várias problemáticas presentes na sociedade brasileira como o aborto não legalizado que fere e mata milhares de mulheres por ano, os maus tratos nos hospitais durante abortos espontâneos ou nos partos. O tema também é atual por causa da recente resolução que limita a quantidade de cesáreas que podem ser realizadas, o que é uma intervenção do Estado na escolha da mulher.

20. Sustentabilidade nas empresas

O termo sustentabilidade está bastante em alta no Brasil com a crescente preocupação com o meio ambiente. Nesse contexto, as empresas precisam atuar coincidindo a busca por lucros com o cuidado ambiental. Políticas empresariais e marketing verde são os pontos de destaque nessa discussão.

21. Intolerância religiosa

Novamente, o ataque à revista Charlie Habdo pode exemplificar o tema. Mas muito mais do que um caso isolado, a intolerância religiosa é grande tanto no Brasil como em outros países. Ao debater esse tema, precisamos lembrar da laicidade do Estado e do respeito aos diferentes tipos de crenças e rituais religiosos, podendo destacar, no caso do Brasil, o grande preconceito existente com religiões de origem africana.

22. Ativismo em redes sociais

Cada vez mais, as redes sociais têm sido usadas para estar em contato com a política e com movimentos sociais. Eventos são criados para marcar protestos, projetos de leis polêmicos facilmente viram virais e reivindicações têm sido feitas através de abaixo-assinado online. Essa nova forma de participação política e suas causas e consequências na sociedade é um bom tema de pesquisa e escrita.
Desejamos boa pesquisa e estudo a todos. Para treinar sua dissertação-argumentativa com todos esses temas, conheça nossa Apostila de Redação e saiba todas as regras, estrutura e competências da redação do exame nacional.

Estude com as Melhores Apostilas Para o Enem 2015

    Artigo Original: 22 Possíveis Temas da Redação do Enem 2015 Baixe gratuitamente o e-Book: Manual do Sisu 2015 / Manual do Prouni 2015
O post 22 Possíveis Temas da Redação do Enem 2015 apareceu primeiro em .
Posted: 25 Feb 2015 08:09 AM PST
Na última segunda-feira (23), o Ministério da Educação (MEC) reabriu o sistema do Fundo de Fianciamento Estudantil (Fies) para inscrições e novos contratos. O Sisfies permanecerá aberto até a data limite de 30 de abril.
Para usufruir do benefício o estudante precisa estar matriculado em uma instituição de ensino superior (IES) privada, além de possuir avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC. É importante esclarecer que, neste período de inscrições, não será exigido dos alunos o pré-requisito da média mínima de 450 pontos no Enem, conforme anunciado anteriormente aqui.
O procedimento para contratação do Fies exige três passos dos interessados:
  1. Inscrição: neste primeiro momento será necessário acessar a página do programa e preencher um formulário online com dados pessoais. Feito isso, o estudante receberá em seu e-mail uma mensagem para a validação do seu cadastro, dando início a inscrição, onde informará dados referentes ao curso e financiamento.
  2. Validação: o passo seguinte é validar suas informações de inscrição junto a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Para isso, deverá comparecer na instituição de ensino para validação em até 10 dias, contados a partir da inscrição.
  3. Contratação: a terceira e última etapa consiste em comparecer num dos agentes financeiros (Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil) para formalizar seu contrato, em prazo de até 10 dias contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição (passo anterior).

ENEM - provas e gabaritos


1998            AMARELA          Gabarito


1999       Gabarito - TODAS


2000     AMARELA     Gabarito - TODAS
2001      AMARELA  Gabarito - TODAS

2004    AMARELA   Gabarito - AMARELA

2005   AMARELA   Gabarito - AMARELA


2006  AMARELA     Gabarito - AMARELA

2007    AMARELA   Gabarito - AMARELA


SOLUÇÕES COMENTADAS ENEM 2007


2008   AMARELA    Gabarito - AMARELA

2009    Gabarito

2010     Gabarito

2011    Gabarito

2012


PROVAS



SÁBADO     01       DOMINGO    01



2014

GABARITO 

Primeiro dia Caderno 3 - Branco


Segundo dia - Caderno 6 - Cinza


SOLUÇÕES COMENTADAS ENEM 2014 


SÁBADO E DOMINGO


SOLUÇÕES COMENTADAS ENEM 2014 02



91 D - O candidato deve saber que a primeira pessoa do plural corresponde ao pronome "nosotros(as)", e, ao usar essa pessoa, o autor da campanha se inclui e faz um convite ao leitor, visando a uma aproximação entre ambos e à adesão do leitor à campanha.

92 E - O candidato pode inferir, nas primeiras linhas do texto, quando o autor diz "aunque me cuesta mucho trabajo", que um escritor tem muito trabalho ao escrever, o que é reforçado pela expressão "me hace sudar la gota gorda.", significando uma demanda expressiva de dedicação.

93 C - A poetisa uruguaia retrata, em seu poema, a fugacidade (rapidez) do tempo; tal característica é observada pelos termos "apretado" / "oprimido" / "se atropellan" /  "huye".

94 A - O candidato pode inferir, pelas últimas linhas do texto, que o dilema de um imigrante vem por ele se sentir parte de dois mundos, e não apenas de um deles. Ou seja, sentir nostalgia de sua pátria, aprender e assimilar uma nova cultura, vivendo as novas possibilidades do presente, geram o dilema abordado na questão.

95 – A - O candidato pode inferir, a partir do segundo parágrafo do texto, que o desânimo sobre a realidade paraguaia está ligado essencialmente às adversidades naturais.

96 B - No texto I, é notório que houve um "aumento no número de doadores". Nesse sentido, o texto II complementa a questão positiva de os seis estados zerarem a fila de espera para transplantes de córnea, pois a propaganda incentiva tal prática. Assim, ambos os textos apresentam um ideal em comum – a importância da doação.

97 D - O texto é um fragmento da obra Grande Sertão: Veredas em que se encontram várias assertivas categóricas sobre a vida, o que pode ser denominado aforismo.

98 A  - A contração da preposição EM com o pronome demonstrativo ISSO antecipa a ideia do excerto posterior ao pronome.

99 D - O texto trata sobre a dificuldade de conceituação do que é “música” na modernidade. Ao citar o trecho “Quando John Cage abre a porta da sala de concertos e encoraja os ruídos da rua a atravessar as suas composições”, menciona um novo conceito de música e sugere a intenção de que sons extramusicais façam parte dela.

100 D - O texto vinculado à questão é uma crítica ao que se convencionou chamar de “crise da leitura”. Nele, a autora contesta a ideia de crise, visto que pesquisas acadêmicas afirmam que os brasileiros leem livros não considerados pelas pesquisas tradicionais.

101 D - Eliminam-se as alternativas A e E pela associação ao Modernismo de, respectivamente, preocupação formal e vertente filosófica. O descarte da opção D, deve-se à incompatibilidade entre o período literário do enunciado e o aspecto do "desconcerto existencial", o que, associado ao caráter metafórico, invalida a letra B.

102 C - De modo malicioso e irônico a personagem usa o comportamento impróprio dos vizinhos como estratégia de persuasão.

103 D - Levando em consideração uma provável dúvida entre as opções C e D, elimina-se aquela opção devido ao fato de a indgnação referida poder se tornar um efeito alcançado pelo editorial até passível de alcance, mas que não caracteriza fundamentalmente o objeto do gênero textual em análise.

104 B - O enunciado cobra a aplicação de um conceito – o dos ditados populares – na atitude da personagem Prima Constância. No texto II, a personagem se considera “um instrumento de Deus”. Ora, para ser instrumento de Deus, há que se considerar a própria fala como verdade absoluta. Como cita vários ditados, podemos contextualmente os tomar como verdades absolutas.
Cabe observar também que só se usa um ditado popular “para justificar as suas ações”, quando se considera que ele é uma verdade absoluta.

105 D - No terceiro período do texto, encontramos a justificativa para a resposta correta. Nele, o autor afirma que foi disseminada uma valorização da cultura negra (tanto na música quanto nas roupas e nos penteados), o que nada mais é do que a afirmação da identidade dos jovens.

106 A - Essa questão exigia do candidato muito mais conhecimento de mundo do que a própria leitura do texto, já que os minimamente iniciados nos conhecimentos linguísticos sabem que os empréstimos foram provenientes da colonização e da imigração.

107 B - Questão bastante simples. Traz uma imagem em que se encontra um megafone com o cabo de uma arma, sugerindo a busca da paz pela voz.

108 E - As transformações, segundo se depreende do texto, envolveram a fixação de normas e procedimentos voltados para "apagar o estigma negativo" do MMA. O texto não fala em "valores lúdicos" ou na "introdução nas academias de ginástica". Não há também, referências à "defesa pessoal". A alternativa E, portanto, é correta, valendo acrescentar que, nela, se menciona também a preservação à integridade dos atletas, presente no texto na menção a "acompanhamento médico obrigatório".

109 B - O texto deixa claro o estímulo da indústria à injestão de suplementos alimentares por parte dos jovens, manifestado concretamente no investimento de 46 bilhões de dólares em propaganda. Também enfoca a incessante busca dos adolescentes pelo corpo ideal, que não medem esforços para atingir tal objetivo.

110 C - A narrativa I traz a história do personagem que, vivendo no interior, é levado, por conta da pobreza, à desgradação da criminaliade. No texto II, vemos a questão da falta de oportunidades como um fator que encaminha o sujeito para o crime. Desse modo, a alternativa C demonstra a confluência temática entre os dois trechos apresentados.

111 B - Percebe-se claramente a resposta ao final do primeiro parágrafo, quando o autor afirma que o blog também se tornou "um espaço para a discussão de ideias, trocas e divulgação de informações”. O enunciado cobra a razão de o blog ter ultrapassado sua função inicial.

112 C - O enunciado solicita um exemplo para a tendência de percepção do cotidiano como uma diretriz do Modernismo. No poema “Camelôs”, percebe-se uma abordagem popular da realidade brasileira, que é traduzida em linguagem lírica pelo autor.

113 C - A questão cobra o refinamento da ironia por parte do autor do texto. Percebe-se isso na passagem que afirma ser “puro efeito de relações sociais” a crueldade praticada por Cotrin com os seus escravos.

114 E - Percebe-se a intertextualidade criada a partir da linguagem verbal no uso da expressão polissêmica "quadro dramático", tendo em vista que tanto faz referência à obra pictórica quanto à situação preocupante, portanto "dramática", do trânsito brasileiro.

115 C - Além de introduzir oração coordenada sindética adversativa, o conectivo "mas", ao opor ações indesejadas àquilo que precisa ser feito – "avisar aos outros" – demonstra o plano do eu lírico de tornar o mundo "mais humano". Ou seja, aquilo que prevalece é introduzido pela conjunção adversativa, demonstrando sua força argumentativa.

116 A - A partir de uma característica intrínseca à arte produzida por Lygia Clark – a introdução da participação do espectador – é possível afirmar que a escultura apresentada na questão demonstra a interação entre o público e a obra. Isso, pois o espectador é capaz de tocar e participar do resultado real do objeto escultórico, traço que amplia a função da arte.

117 C - Uma questão excelente que apresenta um texto de Henrique Cazes, um dos maiores cavaquinistas do Brasil. Sem dúvida, o choro e o samba são gêneros musicais que usam o violão e o cavaquinho em sua base harmônica.

118 A - Versos como "a vida presa a trágicos deveres", "sei que cruz infernal prendeu-te os braços" e "e o teu suspiro como foi profundo!" ratificam exaustão proveniente de atividades executadas. Alternativas como A e D eliminam-se devido a uma simples ausência de motivação específica para a condição apresentada.

119 E - O enunciado da questão pede a estratégia usada por Veríssimo para gerar o efeito de humor. Um tema bíblico sendo explorado por uma linguagem, predominantemente, informal quebra a expectativa do leitor em função do contraste, fator gerador do humor.

120 A - As rubricas são elementos necessários na produção do gênero dramático por constituírem, por assim dizer, "instruções" do autor a serem cumpridas com fidelidade pelos atores/personagens.

121 D - O texto da questão apresenta um breve histórico da linotipo e a consequência de sua presença na indústria editorial. De acordo com o texto, a principal contribuição dessa inovação foi a redução de custo de impressão e a democratização da informação, tendo em vista que possibilitou uma produção acessível de materiais informacionais.

122 E - A estratégia gráfica da união da impressão manual e da confecção da xilogravura faz parte, conforme afirma o texto-base da questão, da filosofia do trabalho. Mantê-la é, portanto, manter também a identidade da tradição popular.

123 B - O texto evidencia a renovação da linguagem em relação ao emprego de novas palavras do cotidiano do falante.

124 A - A estratégia de argumentação utilizada é a comprovação por meio de uma pesquisa, o que, no texto, fica claro pelos resultados veiculados pelo IBOPE, presentes no 3º parágrafo.

125 B - A expressão “recrutar talentos” utilizada no enunciado ampara a letra B como gabarito, uma vez que, na primeira parte do texto, as perguntas existentes buscam criar uma identidade do leitor com a propaganda. Isso contribui para uma maior interatividade do próprio leitor com o texto.

126 E - As opções A, B e D restringem-se a fragmentos do texto-base, o que desobedece ao comando de predominância feito pelo enunciado. A alternativa C diz respeito a "assuntos" que aparentemente surgem em meio ao texto, mas que na verdade são substituídos por caminhos que poderiam conduzir a temas pertinetes a uma crônica. A expressão "função da linguagem", presente no enunciado, consolida a alternativa E, já que remete diretamente à noção de metalinguagem, observada no mérito de a crônica mencionar a si mesma.

127 D - O verbo "dever" coloca a probabilidade de a água potável acabar a partir de uma associação a conectores condicionais presentes no primeiro parágrafo do texto.

128 B - O enunciado menciona as tecnologias que são incorporadas à televisão, que permitirão ao destinatário assistir ao que quiser, quando quiser. Justificando o que é dito na alternativa B: "contemplar os desejos individuais com recursos de ponta".

129 C - A figura do faraó, no poema de Gregório de Matos, representa os governantes vigentes, em um papel de vilania e extirpação. Nesse sentido, trata-se de uma crítica velada à forma de governo vigente.

130 D - No segundo parágrafo, fica clara a visão do autor de que há formas da língua adequadas a diferentes tipos de texto e contexto. Ele exemplifica com textos distintos, como contratos ou manuais de instrução e também com diferentes falares, como o de juízes ou condelistas.

131 C - A menção ao pesadelo, vinculado, metaforicamente, ao abuso sexual contra a criança, pretende enfatizar o que significa para essa criança o ato violento e, assim, a importância da denúncia de ações dessa espécie. Ressalta-se que não se trata de uma informação para as próprias crianças, tampouco a propaganda destaca eventual predominância desse abuso no período da noite ou durante o sono.

132 B - A reiteração da expressão "né", típica da oralidade do discurso, contribui estrategicamente para a interação pretendida pelo falante. Trata-se de um emprego comum nesse registro, não constituindo índice de baixa escolaridade o que, aliás, não se percebe pelo discurso como um todo. A sua repetição sistemática mostra que não se trata de um recurso para enfatizar informação mais relevante.

133 C - Observa-se no texto "Óia eu aqui de novo" diversas marcas pertinentes às variantes da língua. Entretanto, a questão pede um aspecto do repertório linguístico regional. Assim, o termo "cabras", presente na letra C, legitima tal afirmativa. A alternativa B apresenta-se como incorreta, pois a redução do verbo estar na primeira pessoa, "tá", e na terceira pessoa, "tou", é uma marca de registro oral de língua portuguesa, e não uma marca regional, conforme a orientação da questão.

134 B - O texto é claro quanto às diretrizes da promoção da indústria de segurança da informação. Há, dessa forma, uma urgência em virtude da "falta de consciência institucional", apresentada no próprio texto. Além disso, cita também a questão da capacidade que o Brasil tem de desenvolver tal tecnologia. 

135 C - A charge faz uma referência ao hábito comum entre os utilizadores das tecnologias de informação – a selfie. Assim, há uma espécie de associação entre o evento extraordinário retratado pela imagem – um robô em Marte – e um costume dos internautas nos dias atuais.

136 C - Como explica o enunciado da questão, o algarismo de cada posição é dado pelo no de nós da posição. Como na posição dos milhares existem 3 nós, na das centenas não há nós, na das dezenas há 6 nós e na das unidades há 4 nós, os nos são 3, 0, 6 e 4, formando o 3064.

137 E - Basta converter de hm2 para m2.
1 hectare = 1 hm2 → 8 hectares = 8 hm2
Convertendo:
hm2
dam2
m2
8
00
00
                                                                              8 hm2 = 80.000 m2
138 C –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_179.jpg

139 A - Ao trabalhar porcentagem de porcentagens, não se pode esquecer de que esses percentuais devem ser multiplicados. São apresentados os dois casos extremos:

1º – transparência máxima:   
vidro: 90% = 0,9       película: 70% = 0,7
Logo, a transparência máxima será:  0,9 · 0,7 = 0,63 = 63%

2º – transparência mínima: vidro: 70% = 0,7      película: 50% = 0,5      Logo, a transparência mínima será: 0,7 · 0,5 = 35%.
Então, o intervalo é: [35;63]

140 C –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_154.jpg

141 B – Devemos calcular a média aritmética entre os experimentos e ver qual dos reagentes têm o maior número de experimentos acima da média.
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_155_final.jpg

Percebemos que o reagente 2 tem 4 experimentos acima da média.

142 C - Valor pago atualmente: 150 × 0,50 × 4,50 
75 + 4,50 = 79,50 reais.
 Se ele quer reduzir em 10%, 79,50 – 10%, 79,50 = 71,55
O valor pretendido é 71,55 reais.
Se o consumo for maior que 140:  consumo × 0,50 + 4,50 = 71,55  consumo × 0,50 = 67,05  consumo = 134,10
Como o consumo encontrado é menor que 140, se for entre 100 e 140:
consumo × 0,50 + 3,00 = 71,55     consumo × 0,50 = 68,55      consumo = 137,10
 O consumo encontrado está no intervalo dado. 

143 A - Após observarmos o gráfico, precisamos somar bactérias II com bactérias I.

Bac. II

Bac. I


Segunda-feira:
1250
+
350
=
1600
Terça-feira:
1100
+
800
=
1900
Quarta-feira:
300
+
1450
=
1750
Quinta-feira:
850
+
650
=
1500
Sexta-feira:
1400
+
300
=
1700
Sábado:
1000
+
290 
=
1290
Domingo:
1350
+
0
=
1350
Logo, podemos concluir que a quantidade máxima foi na terça-feira.

144 B –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_173_final.jpg

145 A –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_174_final.jpg

146 B –
Sendo x a quantidade de produto que a pessoa compra sempre, podemos afirmar que:
Dinheiro que a pessoa leva sempre = D = 10 · x + 6
Se o preço do produto aumenta 20%, ela passa a ser: 
P = 10 + 20% · 10 = 12 reais.
Então: D = 12 (x – 2) → Isso porque as quantidades que ela comprará serão duas unidades a menos que a original. Portanto: D = 10x + 6       D = 12 (x – 2)      10x + 6 = 12x – 24         
2x = 30       x = 15
Ou seja:  D = 10 · 15 + 6 = 156 reais.

147 D –

Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_176.jpg
Assim, podemos concluir que o fuso na cidade B tem 3 horas a menos que na cidade A. Para chegar à cidade A até 13h, ele deveria sair da cidade B 6 horas antes → 13h – 6h = 7 horas. No entanto, é sabido que o fuso tem 3 horas a menos → 7h – 3h = 4 horas.

148 B - Primeiramente, é preciso calcular a distribuição da folha salarial de R$400.000 em 2013:
75% = R$300.000 (Ensino Médio)      12,5% = R$50.000 (Ensino Fundamental)   
12,5% = R$50.000 (Ensino Superior)
Observando o gráfico, é possível calcular a distribuição salarial de 2014:
- Para o Ensino Fundamental: 2013: 50 funcionários = R$50.000; logo, 2014: 70 funcionários = R$70.000.
- Para o Ensino Médio: 2013: 150 funcionários = R$300.000; logo, 2014: 180 funcionários = R$360.000.
- Para o Ensino Superior: 2013: 10 funcionários = R$50.000; logo, 2014: 20 funcionários = R$100.000.
O total em 2014 é de R$530.000; portanto, o aumento deve ser de R$130.000.

149 D-
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_149_3.jpg

150 A –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_150.jpgxmin = 18.

151 D –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_168.jpg

152 C –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_169.jpg

153 D – 1o) Colocar em ordem crescente.
2o) Como a amostra possui 4 valores, não temos um valor central. Com isso, tiramos média aritmética dos valores centrais.
K = 33 / 33 / 33 / 34
M = 33
L = 32 / 33 / 34 / 39
M = 33,5
P = 16 / 26 / 36 / 41
M = 31
M = 34 / 35 / 35 / 36
M = 35
N = 24 / 35 / 37 / 40
M = 36


 A maior mediana obtida foi a do candidato N.

154 A  - Já que a altura é dada na questão, podemos calcular b da forma que foi pedida:
b = 6 – h · 0,5 = 6 – 2 · 0,5 = 5 m
Sabemos que a figura apresentada na questão é um prisma, que tem seu volume calculado por: 
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_171_final.jpg
2 m3 — 1 t
220 m3  x             x = 100 t
155 E - Dada a proporção 1:100, as dimensões reais do armário são 300 cm, 100 cm, 200 cm. 
Portanto, o volume é igual a 300 · 100 · 200 = 6.000.000 cm3.

156 A - O conceito de moda é o valor que mais se repete em uma distribuição. Logo, se a moda é 38, esse é o número do sapato com mais defeito. Ao dar os valores 0 (zero) para os sapatos brancos e 1 (um) para os pretos, fica fácil quantificar a cor em que ocorreu mais defeito, uma vez que a média da distribução foi 0,45. Sabemos que a média fica mais próxima do número que mais aparece na distribuição, logo o branco é mais defeituoso.

157 E –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_162_final.jpg

158 C
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_163_1.jpg
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_163_2.jpg

159 B - O momento em que irá alugar cada filme (ação, comédia ou drama) já está definido, basta permutar os filmes de mesma categoria entre si: 8! · 5! · 3!

160 B - A quinta pergunta deve ser a segunda resposta errada. Isso quer dizer que, entre os quatro primeiros, temos três respostas certas e uma errada.
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2015_gabarito_questao_152_2.jpg

161 C –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_153.jpg


162 A –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_164_2.jpg

163 E - É sabido que o número de divisores de 
N = 2x · 5y · 7z é dado por (x + 1) (y + 1) (z + 1).
Como queremos os divisores de N diferentes de N temos:  (x + 1) (y + 1) (z + 1) – 1.

164 A - Sejam x e y os outros lados do triângulo. Assim,  x + y = 11.
Temos, então, os seguintes casos: (5,6); (4,7); (3,8); (2,9); (1,10).
Porém, pelas condições de existência o maior lado deve ser menor que a soma dos outros dois, o que elimina os pares (1,10) e (2,9). 
Assim temos os seguintes triângulos:  (6,6,5); (7,6,4); (8,6,3).

165 D –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_167.jpg
166 B-
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_144.jpg
167 E –
A soma das dimensões da bagagem deve ser menor ou igual a 115 cm. Os 90 cm indicados na figura correspondem à altura, somada com o dobro da largura. A largura é de 24 cm.
O comprimento é x. A altura é 90 – 2 · 24 = 90 – 48 = 42 cm.  Assim, 24 + x + 42 = 115      x = 115 – 66        x = 49 cm

168 D - Para se calcular o volume de um paralelepípedo retangular reto, multiplica-se a área de sua base pela sua altura
V = Ab · h
Como na nova lata teremos o mesmo volume da anterior, mas com suas dimensões alteradas, temos:
→ Novas dimensões de base (25% maiores): 
24 · 1,25 = 30   V1 = V→ 24 · 24 · 40 = 30 · 30 · h → h = 25,6
Ou seja, a nova altura é a altura atual reduzida em 36%.

169 B - Se 36% do esgoto é tratado, os 64% correspondem ao esgoto não tratado, ou seja, 8 bilhões de litros sem nenhum tratamento. Consequentemente, quando a campanha atingir sua meta, os 4 bilhões de litros que serão despejados corresponderão a 32%, visto que o total de esgoto gerado não varia. Assim, se 32% não forem tratados, 68% serão.

170 E - A taxa de desemprego total se dá pela soma das taxas de desemprego aberto e oculto. 
Pelo enunciado, a de desemprego oculto do mês de dezembro de 2012 é 1,1, e a de desemprego total deste mesmo período é 9,0. Logo, a taxa de desemprego aberto deste mês é 
9,0 – 1,1 = 7,9.

171 C - Como em 2000 a taxa de fecundidade era de 2,58 e, em 2010, de 1,90, temos que a taxa de 2010 corresponde a, aproximadamente, 80% da taxa do ano 2000.
Mantendo essa variação para 2020, encontra-se, como taxa de fecundidade para o referido ano, em torno de 1,52.

172 B - Nesta questão é preciso reparar que o percentual de doadores/habitantes no Brasil é o total apresentado no gráfico, que é de 1,9%. As campanhas são intensificadas nas regiões com percentual menor ou igual ao do país, ou seja, 1,9%. Assim, vemos que as regiões onde as campanhas devem ser intensificadas são Norte, Nordeste e Sudeste.

173 D –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_139.jpg
No início, a água vai enchendo a parte I. Como a área transversal vai diminuindo, o volume sobe mais rapidamente conforme o tempo. Na parte II, ela sobe constantemente. Já na parte III, como a área transversal vai aumentando, o volume sobe mais lentamente conforme o tempo.

174 E –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_140.jpg

175 C – O valor gasto é marcado no eixo y. Por isso, devemos calcular o x (tempo) para cada operadora.
Observando o gráfico, vemos que é a operadora C que dá o maior tempo: 30 min.

176 E –

Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_158.jpg


177 D – A área do território brasileiro corresponde a 853 milhões de hectares, e a área utilizada para a agricultura corresponde a 80 milhões de hectares.
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_159.jpg

178 D –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_136.jpg

179 D –
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2015_gabarito_questao_137_3.jpg

180 – C –
Carga máxima = 12 t
Descrição: http://oglobo.globo.com/correcaoprova/2014/enem/images/enem_2014_gabarito_questao_138.jpg

Carga do ponto central → 60% de 12 t → 0,6 × 12 t = 7,2 t


Cada um dos outros pontos → 20% de 12 t → 0,2 × 12 t = 2,4 t